Picos da Europa e Galiza

Preços para Picos da Europa e Galiza desde:

Quarto Duplo
Preço por pessoa: €1.140,00
Total 2 pessoas: €2.280,00

Zamora, Santillana Del Mar, Comillas, Lagos De Covadonga, Picos Da Europa, Museu Mineiro Valle De Samuño, Oviedo, Avilés, Gijón, Cudillero, A Corunha, Santiago De Compostela, Combarro.


PARTIDAS  07 SETEMBRO 



DIA1-LISBOA ou COIMBRA- CIUDAD RODRIGO -VALLADOLID

Comparência na Gare do Oriente (estação de autocarros, junto à bilheteira da RENEX) em Lisboa, 30 minutos antes da partida, para iniciarmos a nossa viagem às 7h30 em direção a Coimbra (estação Coimbra B), onde damos as boas-vindas aos passageiros que embarcam nesta cidade e aos que chegam do Porto em transporte regular. Continuamos em direção a Espanha, passando pela Beira Alta e Vilar Formoso, com almoço em restaurante local, no percurso. Depois do almoço, continuamos até à cidade muralhada de Ciudad Rodrigo para uma breve visita panorâmica. Seguimos para norte, pela Comunidade Autónoma de Castela e Leão, a maior do país, em cuja paisagem encontramos muitas aldeias encantadoras, que preservam extraordinários exemplos da arquitetura tradicional da região, até chegarmos a Valladolid, Capital da Comunidade Autónoma. Na sua zona velha conserva um interessante conjunto de edifícios do Renascimento, constituído por casas, palácios e igrejas. Valladolid goza de uma intensa vida cultural graças ao seu estatuto de sede da universidade e a organização de vários eventos, nomeadamente o Festival Internacional do Filme. Alojamento e jantar no Hotel Zentral Parque***, ou similar em Valladolid.


Dia 2: VALLADOLID-SANTILLANADEL MAR - COMILLAS - SANTANDER

Pequeno-almoço buffet no hotel. Breve visita panorâmica com enfoque na Catedral e Plaza Mayor antes de partimos em direção ao norte ibérico. Lentamente a paisagem austera da província de Castela e Leão dá lugar a montanhas entrecortadas por vales que no século VIII serviram de refúgio aos visigodos liderados por Pelágio, perante a invasão da Hispânia pelos berberes muçulmanos. Chegamos a Santillana del Mar, uma das localidades mais belas de Espanha, com o seu conjunto medieval em pedra dourada resistente à passagem dos tempos. Aguardam-nos ruas intemporais semeadas de casas brasonadas, varandas floridas que adornam arcos góticos convidando os viajantes a espreitar a variada oferta de artesanato típico. Depois do almoço incluído, partimos para a estância balnear de Comillas, frequentada desde sempre pela nobreza castelhana e que foi capital do reino por um dia no século XIX, devido à presença do rei. Dos belos edifícios de várias épocas, realçamos um dos mais extraordinários projetos saídos da imaginação de um arquiteto ímpar, El Capricho de Gaudí. A visita incluída é um percurso pela tela criativa modernista do génio catalão, ao serviço da endinheirada burguesia local. Em hora a determinar localmente partimos para Santander, bela cidade que se estende ao longo de uma larga baía, com vista para o mar Cantábrico. Chegada e visita panorâmica do seu centro histórico, que reúne um grupo de edifícios majestosos, integrados num admirável ambiente natural de mar e montanhas. Transporte ao Hotel Santemar****, ou similar em Santander. Jantar e alojamento no hotel.


Dia 3: SANTANDER-LAGOS DE COVADONGA-PICO DA EUROSPA- MUSEU MINEIRO DE VALLE DE SAMUNO -antander - Lagos de Covadonga - Picos da Europa - Museu Mineiro de Valle de Samuño - Oviedo

Pequeno-almoço buffet no hotel. Saída para o Parque Nacional dos Picos da Europa, primeiro parque nacional de Espanha criado em 1918. Trata-se de uma formação montanhosa na Cordilheira Cantábrica e estende-se pelas Astúrias, Cantábria e Castela e Leão, destacando-se pelas suas altitudes e pela proximidade do mar Cantábrico. A paisagem num ápice transforma-se de profundos desfiladeiros, que cortam as rochas, a vales verdejantes repletos de pomares de maçãs para a produção da famosa Sidra, de consumo obrigatório em todas as festas e romarias. Subindo o desfiladeiro rochoso escavado pelo rio Cares, chegamos aos vales de pastagens onde das mãos das matriarcas Asturianas, nasce o queijo Cabrales, um dos mais apreciados na alta gastronomia. Seguimos para Covadonga, um lugar crucial para a História e um enclave natural de singular beleza por estar dentro do Parque Nacional Picos da Europa. Neste pequeno vale de montanha, Pelágio e uns poucos cristãos conseguiram vencer os muçulmanos em 722 na Batalha de Covadonga, ponto de inflexão da conquista muçulmana na Península Ibérica pois, a partir deste momento começa não só o reino de Astúrias como também a Reconquista. À chegada a Covadonga visita do famoso santuário neo-românico e da santa gruta, local que foi quartel-general e refúgio de Pelágio. De seguida, em carros privados subimos até aos famosos lagos de Covadonga, de origem glaciar que se encontram a uma altitude de 1070mts (Lago Enol) e 1080mts (Lago Ercina) e são a meta de uma das etapas de montanha mais difíceis da Volta Ciclista a Espanha, bem como de muitos montanhistas, turistas e visitantes vários, incluído o Papa João Paulo II que pediu expressamente para dar um passeio “só” por esse ambiente aquando da sua visita a Covadonga em 1989. Após a descida, almoço em restaurante local. A seguir ao almoço, entramos nas Astúrias profundas de cujas entranhas foi extraído o carvão que alimentou a revolução industrial de Espanha. Foi dentro das minas no meio das montanhas que se forjou o caráter solidário destes valentes homens e mulheres asturianos, cujas vidas experienciamos durante a visita do Museu Mineiro de Valle de Samuño. Primeiro num típico comboio mineiro, seguindo o percurso através do qual era transportado o carvão extraído das explorações, e depois a pé até à superfície para visitar as infraestruturas de apoio aos mineiros, como balneários, enfermaria e carpintaria. Partida para Oviedo. Chegada, jantar e alojamento no Zentral Hotel Ramiro****, ou similar em Oviedo.


Dia 4: OVIEDO - ANILES - GIJON- OVIEDO

Pequeno-almoço buffet no hotel. Com acompanhamento de guia local, visita panorâmica de Oviedo, cidade que não deixa os créditos de capital das Astúrias em mãos alheias. O centro histórico, cruzamento de trilhos da fé e dominado pela catedral mais sagrada do primeiro reino cristão ibérico, preserva uma fonte do século IX, um autêntico testemunho do passado pré-românico. Mas o que surpreende os visitantes é o seu ambiente cosmopolita e dinâmico, com mercados fervilhando de atividade e ruas entrecortadas por arcadas cheias de espaços comerciais. Em hora a combinar localmente, partida para Avilés, cidade de mercadores e pescadores. Após o almoço em restaurante local, passeamos a pé por esta bem preservada cidade medieval, com as suas calçadas irregulares e arcadas suportadas por colunas em pedra polida. Entretanto damos um salto no tempo e descobrimos o moderno Centro Niemeyer, autêntico símbolo da renovação cultural e urbana da cidade. Continuamos o nosso passeio e nos arredores de Gijón paramos no majestoso edifício Laboral Ciudad de la Cultura, construído em meados do século XX para acolher e preparar o futuro dos órfãos da indústria mineira. Após uma cuidada renovação é hoje um espaço único para a educação, produção cultural e indústria criativa. Regresso a Oviedo. Jantar numa sidraria onde, para além da gastronomia regional, provamos um dos símbolos da identidade das Astúrias, a Sidra servida pelos escanciadores. Alojamento no hotel.


Dia 5: OVIEDO - ACORUNHA - SANTIAGO DE COMPOSTELA

Pequeno-almoço buffet no hotel. De seguida partimos para a cidade de A Corunha, à beira-mar plantada no Finisterrae atlântico, o ponto mais ocidental da terra para os romanos e para muitos a fronteira do fim do mundo. O nosso destino é a Torre de Hércules, o farol mais antigo do mundo em funcionamento e Património da Humanidade pela UNESCO. Paragem e almoço em restaurante local. Após uma breve panorâmica de autocarro ao longo do passeio marítimo partimos para Santiago de Compostela, o destino final de milhões de peregrinos que desde o século IX procuram o túmulo de Santiago Maior para se curvarem perante as relíquias santas. Acompanhados de guia local, todos os caminhos nos levam para o coração da cidade, a praça do Obradoiro, núcleo monumental, espiritual e cultural dominada pela Catedral do Apóstolo. Alojamento e jantar no Hotel Oca Puerta del Camiño****, ou similar em Santiago de Compostela.


Dia 6: SANTIAGO DE COMPOSTELA COMBARRO - PORTO - COIMBRA -antiago de Compostela - Combarro - Porto - Coimbra - Lisboa

Pequeno-almoço buffet no hotel e partida em direção a Combarro. Tempo livre nesta encantadora povoação localizada nas margens da Ria de Pontevedra. De seguida, embarque para um agradável passeio de barco onde serão servidas algumas iguarias locais a bordo. Continuação e almoço em restaurante local. Depois de almoço, regressamos a Lisboa com paragem no Porto e Coimbra, onde ficarão os passageiros destas cidades ou de outras cidades dos arredores. O autocarro prosseguirá até Lisboa, onde terminará a viagem na estação de autocarros da Gare do Oriente. FIM DA VIAGEM


Inclui:

- Todos os pequenos-almoços buffet;
- Guia local em Oviedo, Avilés, Gijón e Santiago de Compostela
- Taxas de cidade, turismo, serviço e IVA
- Circuito em moderno autocarro de turismo de acordo com o itinerário
- Acompanhamento por experiente guia privado, de língua portuguesa, durante toda a viagem
- Alojamento nos hotéis indicados ou similares
- Visita a uma queijaria
- Visitas e entradas conforme itinerário
- Refeições indicadas no itinerário 11 refeições (bebidas não incluídas);
- Seguro Multiviagens - capital € 15.000
- Visitas orientadas pelo nosso guia privativo em: Ciudad Rodrigo, Zamora, Santillana del Mar, Comillas, Santuário e Lagos de Covadonga, Museu Mineiro de Valle de Samuño, Cudillero, A Corunha e Combarro;
- Passeio de barco em Combarro

Não Inclui:

- Extras não mencionados

Observações

- Valor calculado para a saida no dia 07 de Setembro ( calculo feito no dia 03 de Julho)